Youtube Twitter Facebook Instagram

Segunda-Feira - 21.01.2019

O calor retorna a Santa Catarina nesta semana


MÍNIMA: 17º - MÁXIMA: 31º

Diário Rio do Peixe

Segunda-Feira - 21.01.2019

O calor retorna a Santa Catarina nesta semana


MÍNIMA: 17º - MÁXIMA: 31º

MATOS COSTA

A dramática e vergonhosa situação da SC-135

Passando agora por mais um dos muitos projetos de melhorias a situação ao invés de melhorar piora

11/01/2019 - 00:46:22 - Atualizada em 11/01/2019 - 14:36:39
Ivo Dolinski

O jornalista Antônio Godoi, embora aposentado, depois de quase 40 anos (ou mais) dedicados ao rádio e à imprensa (escrita), não sossega e continua ‘brigando’ tenazmente pela SC-135 antes 302), especialmente sobre o ‘tenebroso’ trecho que liga Porto União a Matos Costa. 

Passando agora por mais um dos muitos projetos de melhorias, talvez um pouco mais avançados que os chamados tapa-buracos, a situação ao invés de melhorar piora.

Trecho rodoviário, como já destacamos e nunca contestado aqui neste Site, mal feito, sem fiscalização, com a máxima rapidez, em tempo de muita chuva, visando apenas o pleito eleitoral para o Governo do Estado, a então SC-302 (hoje 135, ou será que já em outra denominação?), logo após sua inauguração começou a se desmanchar em vários trechos, além da falta de visão naquilo que resultou da chamada ‘curva do tomate’, ou ‘curva de vários acidentes, inclusive com mortes’.

Com otimismo o companheiro Godoi insiste em acreditar no trabalho da empresa responsável pelo trabalho de parcial recuperação de alguns trechos. Mas, sinceramente, ele, na sua esperança e otimismo, pode acreditar, mas a maioria não acredita.

Conversei recentemente com o senador eleito Esperidião Amin, que passou pelo trecho durante a campanha eleitoral. Não poupou críticas. Volto a lembrar – já escrevi várias vezes e postei no Blog e depois no Site – que o trecho entre Matos Costa/Calmon/Caçador está em boas condições.

Amin iniciou os trabalhos daquele trecho, paralisados nos governos que o sucederam, e retomou em seu segundo mandato. O novo governo que o sucedeu depois apenas concluiu e inaugurou Matos Costa/Calmon/Caçador. Asfaltando rapidamente, sem os necessários cuidados de fiscalização, o trecho Matos Costa/Porto União. E olha que a festa inaugural foi estupendamente grandiosa, apesar da chuva que castigava Porto União naquele sábado. Acho até que foi naquela chuva que já começou a deteriorar o asfalto…

Vamos ver o que acontecerá agora no Governo do Comandante Carlos Moisés da Silva. Lembro também que com relação à essa rodovia estou pronto para responder qualquer tipo de questionamento de quem quer que seja, notadamente dos líderes políticos da época.


© 2011 - 2019. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.