Youtube Twitter Facebook Instagram

Sexta-Feira - 22.09.2017

O ar seco continua comandando as condições do tempo em todas as regiões de SC


MÍNIMA: 13º - MÁXIMA: 33º

Diário Rio do Peixe

Sexta-Feira - 22.09.2017

O ar seco continua comandando as condições do tempo em todas as regiões de SC


MÍNIMA: 13º - MÁXIMA: 33º

Colunistas

Assembleia Geral da CNBB

Estamos no mês do Sagrado Coração de Jesus, um coração divino feito humano para que nossos corações se ajeitassem para fazer a linda experiência do verdadeiro amor. O seu coração nos ensina amar, pois Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida

03/06/2014 - 18:40:36
Dom Frei Severino Clasen

  Estamos no mês do Sagrado Coração de Jesus, um coração divino feito humano para que nossos corações se ajeitassem para fazer a linda experiência do verdadeiro amor. O seu coração nos ensina amar, pois Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida.

  Quando o coração de alguém é bom, a pessoa se torna uma bênção na família e na comunidade. Todos são beneficiados pela bondade, pela ternura, palavras que definem a pessoa.

  Ainda estamos próximos da última Assembleia Geral da CNBB que aconteceu em maio passado, no Santuário Nacional em Aparecida/SP. Os bispos aprovaram dois documentos e diversas mensagens foram enviadas ao povo brasileiro.

  Destacamos o documento principal da 52ª Assembleia Geral: “Comunidade de Comunidades: Uma Nova Paróquia”. A mensagem central do documento é a conversão pastoral da paróquia. Precisamos mudar de estratégia na animação e condução de nossas paróquias. Passou o tempo em que se esperam os fieis na missa e a questão da fé e Igreja estava resolvida. Temos um número reduzido de fieis que participam das celebrações eucarísticas e nos cultos dominicais. Muitos adolescentes crismados abandonam a Igreja. Outros buscam igrejas diferentes porque não encontram respostas para a vida cotidiana. O documento é uma chamada para um alento, novo vigor, e a Igreja precisa sair dela mesma, ir ao encontro das ovelhas.

  Outro documento que foi concluído na assembleia: “A Igreja e a Questão Agrária Brasileira no Início do Século XXI”. A questão da terra continua sacrificando milhares de vidas e faltam estímulos para os pequenos que cada vez mais abandonam sua cultura, suas raízes na busca da sobrevivência.

  O terceiro assunto discutido na assembleia foi a apresentação do texto de estudos sobre “Os cristãos leigos na Igreja e na sociedade”. Este assunto voltará na próxima assembleia geral porque contamos com a participação dos cristãos em geral para aperfeiçoar, moldar e melhorar durante esse ano. Para que isso aconteça, convocamos todos os cristãos para darem sua contribuição e ajudar a lapidar o texto.  Espero que este texto seja apresentado pelos padres em cada paróquia e ofereçam contribuições para que a Igreja se renove na perspectiva da conversão paroquial e que todas as famílias tenham o seu espaço para buscar sua sustentabilidade e preservar sua cultura, construindo uma nova sociedade onde reina o amor e a justiça. É uma utopia, mas precisamos acreditar e construir esse Reino proposto pelo Evangelho.

  Com um coração generoso, as propostas que os bispos oferecem, através dos documentos aprovados e com  a participação de todos, os sonhos se realizarão. Se não plenamente, mas sentiremos que estamos a caminho.

  O Sagrado Coração de Jesus e o doce coração de Maria iluminarão os movimentos, pastorais, associações, enfim, todos os cristãos, construindo um mundo melhor, assim seremos campeões de fato e de verdade, porque todos ganham na busca da saúde, da educação, da esperança, da fé, da alegria e felicidade.

 

Dom Frei Severino Clasen

Bispo de Caçador

Dom Frei Severino Clasen

Ele nasceu em 1954, em Petrolândia (SC), foi ordenado padre em 1982 e bispo em 2005. Estudou Filosofia e Teologia em Petrópolis (RJ). Tem pós-graduação em Administração para a Organização do Terceiro Setor na Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP). Além disso, foi coordenador do Departamento de Santuários da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil e fez parte do Conselho Diretor do Serviço Franciscano de Solidariedade (Sefras), do Convento de São Francisco, em São Paulo.

Na 49ª Assembleia Geral da CNBB, dom Severino foi eleito presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato, com um mandato de quatro anos.

Espalhe essa coluna:

© 2011 - 2017. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.