Youtube Twitter Facebook Instagram

Quarta-Feira - 14.11.2018

Tempo muda ao longo da semana e dias de sol dão lugar à chuva


MÍNIMA: 14º - MÁXIMA: 24º

Diário Rio do Peixe

Quarta-Feira - 14.11.2018

Tempo muda ao longo da semana e dias de sol dão lugar à chuva


MÍNIMA: 14º - MÁXIMA: 24º

EM CAMPO ÊRE

Dois foragidos do presídio de Xanxerê são capturados

Os fugitivos foram localizados graças a denúncias anônimas no bairro Cohab, de Campo Erê, a cerca de 130km da penitenciária

14/09/2018 - 01:54:54 - Atualizada em 14/09/2018 - 20:36:45
NSC

Dois dos seis foragidos do Presídio Regional de Xanxerê foram encontrados e presos pela Polícia Militar de Campo Erê na manhã desta quinta-feira (13). Os fugitivos foram localizados graças a denúncias anônimas no bairro Cohab, de Campo Erê, a cerca de 130km da penitenciária. A fuga ocorreu na segunda-feira (10).


A PM recebeu a informação de que Geferson Junior Alves da Cruz de Moraes e Jean Dias da Rosa, ambos de 19 anos, estavam escondidos na mata do bairro Cohab e iriam a uma casa da região para se alimentar. Por volta do meio-dia, uma equipe de cinco policiais foi à região e encontrou os homens em uma residência na rua Diolindo Morais. 

Um dos foragidos recebeu voz de prisão dentro da casa e não ofereceu resistência. O outro tentou sair pelos fundos, mas foi abordado por policiais que faziam cobertura e também não reagiu. Depois de registrar o boletim de ocorrência, os policiais levaram os detidos ao presídio de onde haviam fugido. 

Outro dos fugitivos foi capturado ainda no dia da fuga, segunda-feira. Ainda são três foragidos: Eliseu Mendes dos Santos, 26 anos; Gustavo Stefer Cabral, 21 anos; e Junior Dias Neres, 28 anos.

Detentos cavaram túnel

A fuga aconteceu por meio de um túnel aberto pelos detentos dentro de uma das celas, conforme a PM, encontrado nas primeiras horas da manhã de segunda-feira (10), por volta das 6h. Os agentes penitenciários teriam se dado conta da ação após a conferência matinal de rotina, ao se deparar com a escavação. Após percorrer o túnel, os apenados teriam pulado o muro que cerca a unidade e fugido. 

© 2011 - 2018. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.