Youtube Twitter Facebook Instagram

Sexta-Feira - 17.08.2018

Noite: Céu estrelado Madrugada: Céu estrelado Manhã: Ensolarado


MÍNIMA: 8º - MÁXIMA: 21º

Diário Rio do Peixe

Sexta-Feira - 17.08.2018

Noite: Céu estrelado Madrugada: Céu estrelado Manhã: Ensolarado


MÍNIMA: 8º - MÁXIMA: 21º

CAPINZAL

Polícia suspeita de violência sexual em morte de idosa

Conforme a Polícia Civil, a suspeita inicial é de que ela possa ter sido vítima de violência sexual

09/08/2018 - 15:51:29 - Atualizada em 10/08/2018 - 12:09:44
G1SC

Uma idosa de 60 anos foi achada morta com cortes no pescoço na casa em que morava na Vila Sete, em Capinzal, por volta das 23h de quarta-feira (8). Conforme a Polícia Civil, a suspeita inicial é de que ela possa ter sido vítima de violência sexual, mas também não descarta roubo seguido de morte. 

“Pela forma como o corpo estava, sem as roupas de baixo, se pode suspeitar de violência sexual, mas só a perícia poderá comprovar isso. O namorado dela foi ouvido várias vezes e nos pareceu não ter qualquer relação com o crime, mas ainda é cedo para afirmar qualquer coisa, é preciso investigar”, afirmou a delegada plantonista Fernanda Gehlen da Silva.

Os policiais foram chamados à casa da vítima e a encontraram com metade do corpo sobre a cama, sem parte das roupas e com lesões na cabeça. No local, encontraram ainda uma faca com marcas de sangue. 

“Ela morava sozinha, mas o namorado pernoitava com ela. Ele relatou tê-la deixado em casa por volta das 18h30 e a encontrou morta às 23h. A última visualização do WhatsApp dela foi pouco depois das 18h, então o crime pode ter acontecido no início da noite, mas é tudo ainda muito preliminar”, declarou.

Conforme a delegada, a idosa havia sacado o benefício na tarde dessa quarta e a carteira dela foi achada jogada pela casa sem dinheiro. “Pode também ter sido um crime patrimonial, mas também não sabemos se ela colocou o dinheiro em outro lugar”, disse.

© 2011 - 2018. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.