Youtube Twitter Facebook Instagram

Quinta-Feira - 18.10.2018

Chuva ao longo do dia em quase todas as regiões


MÍNIMA: 15º - MÁXIMA: 26º

Diário Rio do Peixe

Quinta-Feira - 18.10.2018

Chuva ao longo do dia em quase todas as regiões


MÍNIMA: 15º - MÁXIMA: 26º

ATO INFRACIONAL

PM apreende quase 1 kg maconha em Caçador

Um menor de 17 anos disse ser o proprietário de toda a droga encontrada

12/02/2018 - 03:25:59 - Atualizada em 13/02/2018 - 11:30:16
Diário Rio do Peixe

Na noite deste domingo, 11 de fevereiro, a Polícia Militar prendeu dois jovens, de 21 e 18 anos e apreendeu um menor de 17 anos, suspeitos de tráfico de entorpecentes na região da Rua Luis Tortato, no Bairro Nossa Senhora Salete, em Caçador. Eles foram detidos e encaminhados a delegacia, porém acabaram sendo liberados.

De acordo com informações, a PM recebeu denúncias de que os indivíduos em questão estariam praticando o comércio de entorpecente no referido endereço e que a prática já se estendia há certo tempo.

Diante dos fatos, uma guarnição de radiopatrulha foi deslocada até o local e acabou flagrando os três suspeitos á beira da rua, os quais tentaram se evadir e evitar a abordagem policial.

Graças à agilidade dos policiais, os elementos foram detidos e, numa bolsa que estaria com uma jovem, foram encontrados cerca de 89 gramas de maconha divididos em pequenas porções prontas para venda. Na bolsa estava também uma faca e uma balança de precisão que geralmente é utilizada para pesar a droga.

Em revista pessoal nos outros dois indivíduos, os policiais localizaram com um deles cerca de R$ 100,00 em dinheiro e com o outro cerca de R$ 945,00, trocados em notas de vários valores.

Em ato contínuo, o jovem de 21 anos permitiu que as guarnições efetuassem buscas no interior de uma pequena casa para onde ele tentou fugir, sendo que lá, escondido no forro de um dos cômodos, havia um tablete de 700 gramas de maconha, o qual foi juntamente apreendido e encaminhado a delegacia.

Segundo a Polícia Civil, depois de efetuada a análise de todas as declarações e do material apresentado, foi lavrado um Auto de Apuração do Ato Infracional em desfavor do menor, o qual disse ser o proprietário de toda a droga encontrada. Os demais abordados foram liberados e não devem sofrer qualquer tipo de punição. 

© 2011 - 2018. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.