Youtube Twitter Facebook Instagram

Sexta-Feira - 24.05.2019

Fortes ventos de sul e declínio da temperatura em SC


MÍNIMA: 8º - MÁXIMA: 13º

Diário Rio do Peixe

Sexta-Feira - 24.05.2019

Fortes ventos de sul e declínio da temperatura em SC


MÍNIMA: 8º - MÁXIMA: 13º

BR-470

Imagens de câmera de segurança de empresa mostram Jaguar momentos antes do acidente

Material foi entregue ao Ministério Público e anexado ao processo

17/04/2019 - 23:54:48
NSC TV E G1 SC

Novas imagens podem ajudar a entender o acidente que matou duas jovens na BR-470 em 23 de fevereiro, em Gaspar, no Vale do Itajaí. Elas são de câmeras do circuito interno de uma empresa que fica às margens da rodovia e que captaram o Jaguar, dirigido por Evanio Wylian Prestini, de 31 anos, momentos antes da batida no veículo onde estavam cinco mulheres.

O Jaguar colidiu de frente com o Palio. Morreram no acidente Suelen Hedler da Silveira, de 21 anos, e Amanda Grabner Zimmermann, de 18 anos. Ficaram feridas outras três jovens, incluindo a motorista do Palio.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do Jaguar estava sob efeito de álcool e em alta velocidade na hora do acidente. Ele chegou a ser gravado por outros motoristas fazendo zigue-zague na rodovia. O condutor teve a prisão preventiva decretada um dia depois do acidente e seguia preso em Blumenau até a tarde desta quarta (18).

Vídeo

A polícia civil entregou o novo vídeo ao Ministério Público no mês passado. O material foi anexado ao processo no início de abril.

Na imagem da para ver o momento em que o Jaguar de cor branca aparece trafegando em alta velocidade. A cena não mostra, mas cem metros depois o carro bate contra o veículo onde estavam as cinco jovens.

"Esse último vídeo veio a confirmar a direção perigosa que era praticada pelo motorista do Jaguar e a gente já tem aquele outro vídeo, que é de conhecimento de todos, e agora esse vídeo mostra que o motorista já vinha dirigindo na contramão", confirmou a promotora do MP de Gaspar, Andrezza Borinelli.

Em março, os advogados de Evanio Prestini alegaram que a condutora teria agido de forma incorreta ao invadir a pista contrária e provocado a batida com o Jaguar. Sobre esse novo vídeo, a NSC TV não conseguiu contato com a defesa do motorista.


Réu

O motorista do Jaguar foi denunciado por dois homicídios qualificados por perigo comum e sem chance de defesa para as vítimas e três tentativas de homicídio com as mesmas qualificadoras, além de dirigir bêbado.

Em 6 de março, a Vara Criminal de Gaspar aceitou a denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) contra Prestini. Com isso, ele virou réu no processo.

Na segunda-feira (8) a chave do Jaguar envolvido na batida foi entregue ao cartório da Vara Criminal do município por um parente do motorista do veículo. O instrumento é necessário para completar a perícia do automóvel.

© 2011 - 2019. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.