Youtube Twitter Facebook Instagram

Sexta-Feira - 24.05.2019

Fortes ventos de sul e declínio da temperatura em SC


MÍNIMA: 8º - MÁXIMA: 13º

Diário Rio do Peixe

Sexta-Feira - 24.05.2019

Fortes ventos de sul e declínio da temperatura em SC


MÍNIMA: 8º - MÁXIMA: 13º

FRAIBURGO

Macaco encontrado morto em Videira pode indicar presença da febre amarela

Animal estava próximo à divisa com Fraiburgo e o fato alerta para a importância da vacinação

17/04/2019 - 18:13:35
Rádio Fraiburgo

Um macaco morto foi encontrado próximo à divisa dos municípios de Videira e Fraiburgo, já em território videirense. O fato mobilizou as autoridades de saúde dos municípios da região. Os macacos são, assim como a população, vítimas do mosquito transmissor da febre amarela, e não transmissores como frequentemente condenados. O aparecimento de um animal morto pode ser um alerta para a presença da doença.

A secretária Municipal de Saúde de Fraiburgo, Idione Fantinel, detalhou que a informação foi repassada à Vigilância Epidemiológica por um morador da localidade onde o macaco foi encontrado. A Vigilância Epidemiológica Regional foi comunicada e se deslocou para verificar a situação, porém, não foi possível realizar coleta de material para análise que indicaria se o animal foi acometido ou não pela doença, pois a morte teria acontecido há mais de 24 horas.

A secretária salienta que não há motivo para pânico, mas lembra que o fato acende um alerta para a necessidade de a população procurar a vacina. Outro alerta é para que ao encontrar um macaco morto, o fato seja comunicado imediatamente à Vigilância Epidemiológica para que a análise da presença da febre amarela possa ser realizada. Um pedido especial é para que os macacos não sejam mortos, pois, além de não transmitirem a doença, quando encontrados mortos eles são o alerta de que o mosquito transmissor da doença pode estar próximo.

Campanha de vacinação até 20 de abril

A única forma de prevenir a febre a amarela é com a vacinação. Apenas uma dose é suficiente para ficar protegido durante toda a vida. A camapanha de vacinação segue até 20 de abril em todo o território catarinense. Em Videira as pessoas podem receber a vacina nas terças e quintas-feiras, até às 16h30, no PAM do bairro São Cristóvão.

A doença pode leva à morte

A febre amarela é uma doença grave que pode levar à morte em cerca de uma semana se não for tratada rapidamente. Ela é causada por um vírus transmitido pela picada do mosquito, não há transmissão de pessoa a pessoa.

Os principais sintomas são: início súbito de febre; calafrios; dor de cabeça intensa; dores nas costas; dores no corpo em geral; náuseas e vômitos; fadiga e fraqueza. Alguns melhoram após esses sintomas iniciais. No entanto, entre 15% e 60% das pessoas que apresentam esses sintomas evoluem para a forma mais grave da doença.

Nos casos graves, a pessoa pode desenvolver algumas complicações como febre alta; coloração amarelada da pele e do branco dos olhos; hemorragia (especialmente a partir do trato gastrointestinal); e eventualmente, choque e insuficiência de múltiplos órgãos. Destes que apresentam sintomas mais graves, entre 20% e 50% podem morrer.


© 2011 - 2019. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.