Youtube Twitter Facebook Instagram

Terça-Feira - 21.05.2019

Semana começa com sol em SC Chuva nos próximos dias


MÍNIMA: 11º - MÁXIMA: 23º

Diário Rio do Peixe

Terça-Feira - 21.05.2019

Semana começa com sol em SC Chuva nos próximos dias


MÍNIMA: 11º - MÁXIMA: 23º

CAÇADOR

Município continua pagando aluguel mesmo tendo inaugurado novo Creas, afirma Rubiano

Vereador cobrou posicionamento do Executivo haja vista o Centro de Referência inaugurou sede própria ainda no ano passado

11/03/2019 - 21:13:18 - Atualizada em 13/03/2019 - 13:42:11
Diário Rio do Peixe

A nova unidade do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) em Caçador, localizada na Vila Paraíso, foi concluída no final do ano passado, no entanto, até o momento não está sendo utilizado pela administração municipal. A informação é do Vereador Rubiano Schmitz (PSD) que durante sessão ordinária desta segunda-feira (11) apresentou um pedido de informação ao Executivo questionando o motivo da demora na mudança, haja vista que, segundo ele, o Município paga R$ 6 mil por mês em aluguel na sala atual.

“Temos uma obra concluída no final de novembro e que está se perdendo no mato, enquanto isso o Município gasta dinheiro público desnecessariamente. Isso é falta de planejamento e desleixo com o dinheiro público”, disse.

Rubiano explicou ainda que, extraoficialmente, foi informado dos possíveis motivos na demora na mudança. “Um deles seria a falta de energia no local, no entanto, o poste e toda a rede já estão instalados, restando apenas o pedido para que a Celesc faça a ligação. Outro seria a falta de grades nas janelas e arredores, porém temos profissionais capacitados no quadro de servidores que têm condições técnicas de fazer este trabalho”, completou. 

A obra integrou o Pacto pela Proteção Social e foi realizada em parceria com a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Videira, recebendo investimentos de R$ 372 mil do Estado, e sendo construída em terreno cedido pela Prefeitura de Caçador.

Vereador lembrou que o Prefeito Saulo Sperotto já foi condenado pelo mesmo motivo

Condenado por outro aluguel fantasma 

Segundo o Ministério Público de Caçador, em 2008 o Prefeito Saulo Sperotto (PSDB) e o Ex-secretário Municipal de Saúde, Pastor Vilso dos Anjos assinaram um contrato para alugar imóvel onde funcionaria o CAPS II. Após julgamento em segunda instância realizado em 2018, o Sperotto deverá devolver aos cofres públicos do município cerca de R$ 33.600,00 (trinta e seis mil e seiscentos reais) pagos para o aluguel de um imóvel, que nunca foi usado pela administração.

Segundo dados do processo, o valor do aluguel do imóvel localizado na Rua Conselheiro Mafra foi pago pelo período de 12 meses (julho de 2008 a julho de 2009), com a finalidade de instalação do CAPS II (Centro de Apoio Psicossocial), porém o bem não foi ocupado e não foi dado outra finalidade pública.


© 2011 - 2019. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.