Youtube Twitter Facebook Instagram

Quarta-Feira - 24.04.2019

Semana com mais nuvens e chuva frequente em SC


MÍNIMA: 15º - MÁXIMA: 20º

Diário Rio do Peixe

Quarta-Feira - 24.04.2019

Semana com mais nuvens e chuva frequente em SC


MÍNIMA: 15º - MÁXIMA: 20º

BR-116

Jovem morre ao colidir em caminhão durante ultrapassagem

Um acidente no Km 258 da BR -116 deixou um jovem morto e um senhor ferido na tarde desta quinta-feira (7), em Lages

08/02/2019 - 03:43:57 - Atualizada em 09/02/2019 - 11:47:37
CL+

Um acidente no Km 258 da BR -116 deixou um jovem morto e um senhor ferido na tarde desta quinta-feira (7).  Aconteceu quase em frente a indústria de arroz Letti, numa reta e sem permissão de ultrapassagem. O rapaz que faleceu, segundo as primeiras informações da equipe de socorristas da Auto Pista Planalto Sul (Arteris), concessionária que administra a rodovia se chama Lucas.  Ele dirigia sentido Lages, e conduzia um Gol branco, com o novo modelo de placas (Mercosul) o que dificultou o trabalho de identificação. Os funcionários também disseram que provavelmente a vítima  estava vindo de Vacaria.

Ao tentar ultrapassar uma carreta, Lucas colidiu com outro caminhão, um Wolkswagem de Lages dirigido por Lourenço Souza, de 56 anos. O motorista foi levado pelo Unidade de Suporte Avançado (ASU) para o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres (HNSP) com ferimentos leves. O choque foi tão violento que o Gol rodopiou várias vezes batendo no guard-rail, já o caminhão percorreu uns 15 metros arrebentou o guard-rail da esquerda e desceu parando uns três metros no barranco, isso porque foi “segurado” por um pinheiro.

O caminhão estava carregado de calcário e levaria os produtos para o Santo Cristo, em Capão Alto. O dono do caminhão, seu Jorge Bondavalli esteve no local e contou que falou com o motorista pelo celular.  “Ele estava bem, mas nervoso. Insistiu em dizer que não teve culpa. O rapaz seguia atrás de uma carreta e abriu para podar e deu de frente com outro caminhão”, relata o proprietário ao revelar que não possui seguro.

O trânsito ficou parado em meia pista por quase uma hora. A Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Auto Pista Planalto Sul (Arteris), o Unidade de Suporte Avançado (ASU), o Bombeiro de Lages e o Instituto Geral de Perícia (IGP) fizeram o atendimento.

© 2011 - 2019. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.