Youtube Twitter Facebook Instagram

Domingo - 25.06.2017

Tarde: Sol com algumas nuvens Noite: Céu com algumas nuvens


MÍNIMA: 14º - MÁXIMA: 23º

Diário Rio do Peixe

Domingo - 25.06.2017

Tarde: Sol com algumas nuvens Noite: Céu com algumas nuvens


MÍNIMA: 14º - MÁXIMA: 23º

TÍTULO

Augusto Frâncio é Cidadão Honorário de Caçador

Entrega da honraria aconteceu na noite desta sexta-feira (16), na Câmara de Vereadores, como reconhecimento pelos relevantes serviços prestados pelo empresário ao Município, durante sua trajetória

16/06/2017 - 23:29:01 - Atualizada em 18/06/2017 - 11:34:11
Diário Rio do Peixe

O Plenário Osvaldo José Gomez ficou lotado na noite desta sexta-feira (16) para acompanhar a entrega do Título de Cidadão Honorário de Caçador ao empresário Augusto Antonio Francio. A solenidade, marcada pela emoção e o reconhecimento dos caçadorenses aos relevantes serviços prestados pelo homenageado ao longo dos anos, aconteceu na noite desta sexta-feira (16) na Câmara Municipal.

Ao som de Hallelujah, Augusto Francio adentrou à Câmara acompanhado da esposa Zilda, e foi recepcionado pelos vereadores em comissão. Em seguida, a sessão foi conduzida pelo presidente Rubiano Schmitz, tendo ainda na mesma das autoridades o vice-prefeito Alencar Mendes, que no ato representou o prefeito Saulo Sperotto, aos Cidadãos Honorários Valdir Cobalchini (Deputado Estadual), Imar Rocha (Secretário da ADR) e Lucir Christ, que representou os demais Cidadãos Honorários do Município, o homenageado e esposa.

O presidente Rubiano Schmitz destacou durante a solenidade a trajetória de Augusto Francio, afirmando que a honraria se trata de uma homenagem àquele que, cumprindo o seu papel, ajudou a concretizar projetos e sonhos, agindo em prol da coletividade, trazendo desenvolvimento e inegáveis benefícios para o Município.

“É importante consignar, que a concessão deste honroso título ao nosso homenageado, resulta da aprovação unânime pelos membros do Poder Legislativo, formalizada através do decreto legislativo número 279, de 21 de fevereiro de 2017. Com isso, reafirmamos mais uma vez a nossa gratidão e o nosso reconhecimento ao Seu Augusto por tudo quanto fez e faz por esta terra e sua gente”, disse Rubiano.

Falando em nome do Poder Legislativo, a Vereadora Cleony Figur comparou o Título de Cidadão Honorário à adoção de um filho, uma vez que o homenageado passa a ser conterrâneo da terra natal, tendo mais uma naturalidade.

“E o povo de Caçador quer que o senhor Augusto pertença à sua família, cujo o sobrenome é Caçadorense. Fora escolhido porque cativou nosso povo. Assumiu os desígnios do poeta o qual ensina que somos responsáveis pelo que cativamos. Pela sua conduta, pelo seu trabalho, pela sua preocupação com as coisas da nossa Caçador, tem demonstrado o amor por esta terra e por sua gente”, completou.

O vice-prefeito Alencar Mendes também destacou o empreendedorismos e visão futurista de Augusto Frâncio. Para ele, é um orgulho para a cidade tê-lo como integrante, provedor e incentivador do desenvolvimento local. “Caçador se sente privilegiada, especialmente pela sua fibra, empreendedorismo e por tudo o que fez e faz, gerando emprego e renda, envolvendo-se com as coisas da nossa comunidade e tornando nosso Município cada vez mais pujante”, disse.   

Vale ressaltar que a Sessão Solene contou ainda com a presença dos Vereadores Adriano Pares, Amarildo Tessaro, Itacir Fiorese, Jair Fernandes, Marcos Creminácio, Moacir D’Agostini, Neri Vezaro e Sirley Ceccatto. Alcedir Ferlin e Paulo Jarschel justificaram as suas ausências.

“É um presente fabuloso ser caçadorense”

O homenageado da noite iniciou seu discurso relembrando a visita dos Vereadores a residência de sua filha, ainda em fevereiro, quando lhe deram a notícia que seria homenageado. Convicto de que tinha sido convidado para jantar, surpreendeu-se com a chegada da comitiva anunciando a entrega do Título de Cidadão Honorário. “Foi uma grata surpresa, a qual fez me perguntar num primeiro momento se era merecedor de tal honraria. Hoje, no entanto, diante de tanta gente querida, amigos e familiares dando o seu testemunho, me recebendo com tanto carinho, sinto-me lisonjeado em obter hoje essa dupla cidadania, de dizer que nasci em Cambé, no Paraná, mas encontrei em Caçador um ambiente fabuloso para viver, trabalhar, formar família, fazer amigos e ser feliz”, destacou.

Augusto fez questão de agradecer a família pelo apoio em todos os momentos. Lembrou do pai, de quem herdou o gosto para o trabalho, a honradez e a persistência; da esposa, companheira de todos os momentos, e dos filhos e netos, alicerces para se manter firme diante das adversidades.

Como cidadão, compartilhou o sonho de ver o país sendo comandado por pessoas honestas, que pensem no povo e não nos interesses particulares, chamando a atenção para a responsabilidade popular para que isso aconteça. “Temos plenas condições de um dia realizar este sonho, mas é preciso começar a mudança por cada um de nós”, finalizou.

Homenagem da família

Falando em nome dos demais familiares, a filha Maria Margareth descreveu a figura do pai, esposo, avô, e do amigo de todas as horas, enaltecendo os seus principais ensinamentos, baseados na honestidade e a humildade, além de demonstrar a importância de ser persistente na busca pelos seus sonhos. “Como pai, sempre nos incentivou pelo gosto da leitura e da boa música. Estimulou-nos a buscar novos conhecimentos. Como avô continua sendo o mesmo brincalhão dos nossos tempos de infância. Sempre buscando orientá-los nos mesmos princípios em que fomos criadas. Você, pai, é a pessoa que nos ensinou e ainda nos ensina pelo exemplo a sermos pessoas de Bem. Pois, as palavras convencem. Mas, o exemplo arrasta”, completou. 

O grupo seleto

Lucir Telmo Christ, discursando em nome dos demais Cidadãos Honorários, enalteceu em seu pronunciamento o reconhecimento de uma cidade e de seu povo ao trabalho, dedicação e espírito empreendedor que Augusto Francio possui, fundamentais, segundo ele, para o seu sucesso, e de grande importância para o desenvolvimento pleno da cidade.

“Hoje, Caçador, oficialmente te reconhece como filho. No entanto, é oportuno dizer que se trata apenas de uma formalidade, pois desde o dia em que aqui chegou, ainda criança e sem saber o que o destino lhe proporcionaria, tornou-se um caçadorense nato, daqueles que não se abate diante das dificuldades, e faz delas um estímulo para seguir lutando, prosperando e vencendo na vida”, afirmou Lucir.

Homenagens

Durante a solenidade, Augusto Francio recebeu homenagens da ACIC, Uniarp, Bombeiros Voluntários e dos colaboradores da empresa Frame.

© 2011 - 2017. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.