Youtube Twitter Facebook Instagram

Sexta-Feira - 21.07.2017

Manhã: Ensolarado Tarde: Sol com algumas nuvens


MÍNIMA: 3º - MÁXIMA: 21º

Diário Rio do Peixe

Sexta-Feira - 21.07.2017

Manhã: Ensolarado Tarde: Sol com algumas nuvens


MÍNIMA: 3º - MÁXIMA: 21º

LAVA JATO

Caçadorense aparece em planilha apresentada por ex-executivo da Odebrecht

A vice-governadora do Paraná natural de Caçador, Cida Borghetti, aparece com o apelido “princesa”

18/04/2017 - 12:41:30 - Atualizada em 19/04/2017 - 21:23:26
Diário Rio do Peixe

A caçadorense Cida Borghetti (PP), atual vice-governadora do Paraná e pré-candidata ao governo em 2018, aparece na lista da Odebrecht com o apelido de “princesa”. Teriam sido repassados a ela R$ 50 mil reais, em 2010, ano em que foi eleita deputada federal.

O deputado federal Ricardo Barros marido de Cida Borghetti também aparece na lista da Odebrecht por pagamento, seu nome aparece na linha 70 e teria recebido R$ 850 mil segundo a Odebrecht.

A vice-governadora Cida Borghetti nega o recebimento dos recursos citados na planilha. Ela disse, também, que não era deputada em 2010 e que, portanto, não poderia dar nenhuma contrapartida à Odebrecht. No entanto, Cida foi eleita deputada federal em 2010 assumiu o mandato em 2011.

O documento é do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, departamento criado pela empresa para operar o repasse de quantias de propina a políticos e funcionários públicos.

Os papéis foram entregues à PGR detalham os nomes dos candidatos, os apelidos, os cargos a que eles concorreram, os valores, quem teria pedido o dinheiro e qual seria o interesse da empresa ao fazer os repasses.

No depoimento prestado aos procuradores, o ex-executivo Benedicto Barbosa da Silva Junior fala o que sabia sobre os repasses. “Eu passei o olho, identifico que são todos agentes públicos. Não conheço 20% das pessoas que estão aqui pessoalmente, mas entre meus executivos, tinham uma relação direta com esses agentes públicos e por isso pediram doações de forma ilícita para eles”, afirmou.

© 2011 - 2017. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.