Youtube Twitter Facebook Instagram

Sexta-Feira - 19.04.2019

Feriado com sol em SC Temperatura amena na madrugada


MÍNIMA: 5º - MÁXIMA: 23º

Diário Rio do Peixe

Sexta-Feira - 19.04.2019

Feriado com sol em SC Temperatura amena na madrugada


MÍNIMA: 5º - MÁXIMA: 23º

CAÇADOR

Alunos sugerem adequações administrativas à empresa após aliarem teoria e prática

Para a professora de Fundamentos de Administração, Sirlene Silveira de Amorim Pereira, a oportunidade de incluir alunos do 1º ano integrado em um contexto organizacional foi singular

11/02/2019 - 13:50:34
Diário Rio do Peixe

Um desafio. 34 alunos. Três disciplinas. Uma empresa. Um curso. Tudo isso envolvido resultou em cinco propostas de melhorias para a iniciativa privada, após o projeto de Consultoria Júnior cumprir o objetivo a que foi proposto: proporcionar aos estudantes do curso Técnico Integrado em Administração do Câmpus Caçador a oportunidade de conhecer uma empresa (Fort Facas) e desenvolver uma pesquisa prática na área de gestão, por meio de visitas técnicas, análises do ambiente interno e externo, e a elaboração de sugestões de melhorias à empresa, promovendo, assim, o aprendizado na prática dos conteúdos das disciplinas envolvidas, realizando, por fim, uma atividade de ensino-pesquisa-extensão. 

Com base nos conhecimentos adquiridos através das disciplinas Organização, Sistemas e Métodos; Fundamentos de Administração; e Responsabilidade Social e Sustentabilidade, os alunos desenvolveram o trabalho no período de setembro a dezembro passados, conhecendo presencialmente a rotina da Fort Facas. "O trabalho da consultoria júnior aliou a aplicação prática dos conceitos teóricos de administração trabalhados em sala, bem como o desenvolvimento da postura profissional. Foi um projeto que proporcionou aos nossos alunos experiência prática bem como aproximação com as atividades desenvolvidas pela área técnica de sua formação”, ressaltou a professora Danielle Regina Ullrich. 

Para a professora de Fundamentos de Administração, Sirlene Silveira de Amorim Pereira,  a oportunidade de incluir alunos do 1º ano integrado em um contexto organizacional foi singular. “Conseguimos tira-los da posição de consumidores (seja de produtos ou serviços) e coloca-los em perspectiva de análise e reflexão. Aliamos teoria com prática real, vivência verídica”, afirma. 

Desafio vencido 

Após esse período de estudo teórico-prático, os empresários Reinaldo e Marisa Barreto receberam dos estudantes algumas recomendações, dentre elas, implementar a gestão de inovação, para garantir o desenvolvimento da empresa e manter-se atualizada ou até antecipando novas tecnologias; e a gestão de controle administrativo, a fim de auxiliar na organização dos processos da empresa. 

Um projeto de sustentabilidade na gestão de resíduos para garantir a responsabilidade ambiental da empresa, através do destino correto de resíduos e de ações sustentáveis; e um projeto de expansão de negócios, para auxiliar no crescimento da empresa, também foram entregues como sugestão de melhorias para a Fort Facas. Adequações na estrutura física ou até mesmo  transferência de local foram igualmente recomendadas. 

“O encontro em si foi muito legal, junto com a troca de experiências, as soluções que cada um traz de maneira diferente, nos possibilitando ter um outro ponto de vista sobre nossa empresa. Uma grande lição que ficou foi justamente a necessidade de diversificação das fontes de recursos para projetos e as formas de captação”, destacou Marisa. 

“Uma visita técnica com possibilidade de retorno para a empresa com sugestões de melhorias possibilita aos alunos conhecer aspectos relacionados à gestão de pessoas, produção, marketing, posicionamento de mercado e criação de estratégias. A ideia é proporcionar uma aula na prática, gerando satisfação tanto para as professoras, aos alunos e à comunidade de Caçador“, destacou a professora Sibeli Paulon Ferronato, que ministra Organização, Sistemas e Métodos. 

Experiência aprovada com mérito

Os alunos Otávio Colussi de Almeida e Vitor Toscan Coelho reconhecem a iniciativa das disciplinas:  “esse tipo de atividade é de extrema importância para quem vai se formar em técnico em administração, além de nos mostrar o que vamos passar na nossa futura profissão, agrega muito à nossa experiência, além também de ajudar a empresa em quesito crescimento. É uma forma que nos possibilita conhecer como funciona o trabalho interno e externo de uma empresa, nós dá uma nova visão e também a chance de apresentar nossas ideias e projetos para contribuir com a empresa, e isso também desenvolve muito o nosso conhecimento.” 

Na mesma linha, Luiza Folmann dos Santos e Nicolli Oliveira Rosa acreditam que o desafio proposto pelas professoras será um diferencial no aprendizado. “A nossa experiência foi muito interessante, porque fazer um projeto deste tamanho no 1º ano do ensino médio é algo que não faríamos em outros lugares. Nos fez sentir preparadas para a faculdade e mercado de trabalho, pois aceitamos o desafio de desenvolver o projeto”,  finalizaram as alunas. 

Saiba mais

A Fort Facas foi fundada em 21 de setembro de 2011. Seu propósito é atender a Indústria de Papelão Ondulado oferecendo a Fabricação e Comercialização de Matrizes para Corte e Vinco plana e rotativa.

© 2011 - 2019. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.