Youtube Twitter Facebook Instagram

Quarta-Feira - 14.11.2018

Tempo muda ao longo da semana e dias de sol dão lugar à chuva


MÍNIMA: 14º - MÁXIMA: 24º

Diário Rio do Peixe

Quarta-Feira - 14.11.2018

Tempo muda ao longo da semana e dias de sol dão lugar à chuva


MÍNIMA: 14º - MÁXIMA: 24º

Colunistas

Pardido de Amoêdo faz campanha em Caçador

14/09/2018 - 10:54:10
Osni Ribeiro Mello

O candidato a deputado federal pelo partido Novo, Gilson Marques, esteve fazendo campanha em Caçador nesta terça-feira (11). Em Caçador o candidato se reuniu com diversos grupos de apoiadores para apresentar suas propostas e as propostas do seu partido para o poder legislativo.

Marques, que reside em Pomerode, é advogado formado pela FURB e pós-graduado em direito civil e processo civil pela FGV. Também é empresário do ramo da construção civil e um dos proprietários da Vila Encantada – Parque Temático Educativo.

As propostas de Marques são: redução de pelo menos 50% da verba de gabinete e o fim dos auxílios paletó e moradia; menos impostos e menos burocracia, com compromisso de nunca aumentar ou criar impostos; duplicação da BR 470; reformulação do pacto federativo pois hoje Santa Catarina entrega R$ 50 bilhões por ano para a união e apenas R$ 9 bilhões retornam.

Revogada resolução que pagava despesas médicas de deputados

O que faz uma eleição. Por unanimidade entre os deputados presentes (21 votos), a Assembleia Legislativa de Santa Catarina aprovou em turno único, na sessão ordinária desta quarta-feira (12), o fim do pagamento de despesas médicas para parlamentares. A medida consta no Projeto de Resolução 3/2018, que terá sua Redação Final votada na sessão desta quinta-feira (13), para entrar em vigor.

A iniciativa para a revogação do benefício partiu dos deputados Ana Paula Lima, Dirceu Dresch e Luciane Carmanatti (PT), depois que informações sobre os gastos da Assembleia com despesas médicas parlamentares foram divulgadas pela imprensa em julho passado. O projeto revoga uma resolução de 1992 que instituiu o benefício.

Vários deputados se manifestaram sobre a proposta. Os autores afirmaram que não caberia o Parlamento manter o benefício, o qual classificaram como privilégio, e defenderam a promoção do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Nós políticos precisamos avançar no sentido de cortar na própria carne, encontrar maneiras de ir ao encontro da sociedade, recuperar a credibilidade”, acrescentou Fernando Coruja (PODE).

Os deputados também destacaram que não tinham conhecimento desta resolução, que foi instituída há 26 anos e cujo trâmite, desde apresentação do projeto até a sua transformação em resolução, ocorreu em quatro dias, quando praticamente todos os membros da atual legislatura não exerciam mandato na Alesc. “A revogação dessa resolução é um ato de justiça com a sociedade catarinense e com o Parlamento”, destacaram.

TRE confirma candidatura de Cobalchini

Em sessão na tarde de terça-feira o Tribunal Regional Eleitoral rejeitou o pedido de impugnação da candidatura à reeleição do deputado Valdir Cobalchini (MDB) por sete votos a zero e confirmou o seu registro. Em seu voto, o relator Wilson Pereira Junior afirmou que os atos apontados pelo Ministério Público, da época que Cobalchini foi secretário regional em Caçador, não configuram dolo e nem improbidade administrativa. “Os atos apontados pelo Tribunal de Contas foram sanados”, afirmou em seu relatório o juiz. Para o deputado, a decisão já era aguardada e quer sempre confiou na Justiça. “Nós apresentamos a nossa defesa com muita tranqüilidade, porque tínhamos todas as certidões exigidas pela Justiça Eleitoral. Em nenhum momento a nossa campanha sofreu abalos por isso e continuamos firme e fortes divulgando as nossas propostas”, explicou Cobalchini.

Troca Livros

O evento Troca Livros, promovido pelo Núcleo de Comunicação da Acic, foi destaque na reunião da Câmara Regional do Movimento Santa Catarina pela Educação da Vice-Presidência Regional Centro-Norte da FIESC. A reunião foi realizada nesta quarta-feira (12) na Faculdade SENAC de Caçador. Os integrantes da Câmara foram recebidos pelo 1º vice-Presidente da FIESC Gilberto Seleme, vice-presidente Regional Centro-Norte, Leonir Tesser, diretor da Faculdade SENAC, Márcio Pires de Camargo e pelo diretor regional do SESI, Daniel Tenconi. A reunião teve um momento de reflexão com o tema: “Educação Interdisciplinar”, ministrado pela Faculdade SENAC, case de Sucesso do Hotel Kindermann e apresentação do Plano de Trabalho e Principais frentes da Secretaria Municipal de Educação de Caçador. Ao final, foi realizada uma visita guiada pela Faculdade SENAC. Desde o começo do ano até agora, foram realizadas 83 ações em prol da educação na região, como palestras em escolas, mobilizações comunitárias e eventos em geral, envolvendo mais de 400 voluntários.

Tenda no Parque Central

O vereador Rubiano Schmitz, sugeriu ao Executivo, através de indicação, que mantenha uma tenda fixa no Parque Central. Ele explica que com a proximidade da primavera e do verão, o movimento das pessoas e a realização de eventos são ainda maiores, e esta medida possibilitará maior conforto aos usuários do parque especialmente nos dias de chuva ou forte calor. “Além dos finais de semana, várias outras atividades são efetivadas nos dias de semana pela Secretaria Municipal de Esporte, Cultura e Turismo envolvendo além da dança, atividades com os idosos e crianças e que são prejudicados muitas vezes pelo clima por não ter um espaço coberto. Há também eventos paralelos de outros grupos e entidades que poderiam ser beneficiados. A intenção é que o parque central possa ser utilizado sempre, independente das condições climáticas”, disse.

Nova pesquisa

O grupo RIC/Record registrou uma nova pesquisa para governo do Estado, Senado e Presidência da República em Santa Catarina. A consulta, contratada junto ao instituto RealTime Big Data será apresentada no dia 21, uma sexta-feira. O formato de apresentação repetirá o modelo da primeira pesquisa, com análises e projeções de cenário dentro do “RIC Notícias” e aprofundamento nas edições impressa e digital do ND, além dos jornais associados à ADI e Adjori pelo interior do Estado. Os números da pesquisa Grupo RIC ao governo de Santa Catarina e ao Senado.

Tucanos na mira

Depois da prisão do ex-governador e candidato ao senado Beto Richa (PSDB), quarta-feira (12) foi a vez do governador do Mato Grosso do Sul e candidato a reeleição, Reinaldo Azambuja ser alvo de buscas e apreensão da Policia Federal. O filho do governador Rodrigo Silva foi preso. Investigações da PF indicam que desde 2003 ocorre no Estado um esquema de concessão ilegal de créditos tributários mediante ao pagamento de propina para agentes públicos por parte de um grande grupo empresarial. As apurações mostram que cerca de 30% do total de créditos tributários recebidos pela empresa de frigoríficos era revertido em proveito da organização criminosa investigada.

Privilegiados

O deputado estadual Leonel Pavan (PSDB) criticou a divisão injusta dos recursos do Fundo Eleitoral na eleição para Câmara dos Deputados. “Faço uma manifestação pública repudiando decisão das cúpulas de que somente quem já tem mandato seria contemplado com fundo eleitoral. Não há como não concordar, dificilmente haverá renovação dos quadros parlamentares, falo da Câmara Federal, pela competição desigual de recursos”, argumentou. Segundo o deputado, no PSDB apenas dois candidatos a deputado federal foram contemplados com recursos do fundo. “São 17, mas poucos foram contemplados, apenas dois diretamente, um com R$ 1,5 milhão e outro com R$ 2 milhões. Incrível o que o Congresso Nacional fez, governou em causa própria, recursos do fundo distribuído para poucos, só para quem tem mandatos”, criticou Pavan.

Osni Ribeiro Mello

Olá, eu sou Osni Ribeiro Mello, jornalista, administrador de empresas e Engenheiro Civil. Depois de ter passado pelos jornais: Gazeta Sul, Folha da Cidade e Informe e por todas as editorias. Atividades que consumiram 15 anos de minha vida e me deram muita experiência, resolvi que muito mais que dar a notícia eu apontaria os erros e as soluções. Pronto, virei colunista e instantaneamente odiado por escrever demais. De qualquer forma o portal www.diarioriodopeixe.com.br e o Jornal Extra resolveram apostar numa coluna de informações políticas e aqui estou tentando consertar o mundo e levando as notícias com uma pitada de humor e senso critico. Também mantenho o osnirmello.blogspot.com.br, blog onde divulgo as ideias que podem mudar o nosso mundo, ou não.

Espalhe essa coluna:

© 2011 - 2018. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.