Youtube Twitter Facebook Instagram

Segunda-Feira - 18.12.2017

Manhã: Sol com algumas nuvens Tarde: Pancada de chuva isolada


MÍNIMA: 17º - MÁXIMA: 28º

Diário Rio do Peixe

Segunda-Feira - 18.12.2017

Manhã: Sol com algumas nuvens Tarde: Pancada de chuva isolada


MÍNIMA: 17º - MÁXIMA: 28º

Colunistas

Formatura do programa Novos Caminhos

PENSATA Ministro Gilmar Mendes se mete em sentença do ministro Dias Tofolli para soltar Jacob Barata e ainda tem a cara de pau de dizer que não é amigo do meliante. Vergonha!

06/12/2017 - 18:16:56
Osni Ribeiro Mello

O programa Novos Caminhos coordenado pelo Instituto Evaldo Luodi (IEL), entidade da FIESC, forma a primeira turma em Caçador dia 07 de dezembro. A cerimônia acontecerá no Auditório do SESI, a partir das 15h. O programa, lançado em 2016 em Caçador, atende jovens de 14 a 18 anos que vivem em programas de acolhimento.

O objetivo da FIESC é inserir os jovens no mundo do trabalho, desenvolvendo capacitações voltadas a questões comportamentais, trabalhistas e também educacionais, além de possibilitar a inserção em cursos de qualificação, aprendizagem e técnicos, preparando os jovens para a nova fase da vida após o abrigo, já que muitos foram destituídos do poder familiar.

O programa é uma parceria entre Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), a Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seccional de Santa Catarina e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (FECOMERCIO).

Asfalto até a comunidade Rio Bugre será recuperado

A Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) e a Prefeitura de Caçador assinaram convênio para a recuperação da estrada da Linha Rio Bugre. O trecho de oito quilômetros, que dá acesso a uma das principais comunidades rurais do município, está com o asfalto bastante danificado, com vários buracos.

O ato foi firmado na tarde deste sábado, 2, no pavilhão da comunidade, com a presença do secretário regional Imar Rocha e do vice-prefeito Alencar Mendes. O Governo do Estado fez a liberação de R$ 40 mil para as obras, e a Prefeitura vai custear o restante, totalizando aproximadamente R$ 100 mil.

“Fizemos questão de reunir os moradores para dar transparência a esse convênio que é uma parceria para o bem da comunidade caçadorense”, declarou o representante da ADR. “Sabemos das dificuldades dos agricultores e proporcionar boas estradas é nossa prioridade. O recurso do Estado será fundamental para essa obra”, acrescentou o vice-prefeito Alencar Mendes.

A previsão dos trabalhos, que envolvem ainda a limpeza e recuperação das canaletas, é em janeiro, de acordo com o secretário municipal de Infraestrutura, Ricardo Barbosa, que também se fez presente na assinatura do convênio.

“Vamos realizar um trabalho completo, com o recorte dos buracos, limpeza e colocação do asfalto novamente. Nosso objetivo é fazer com que esta estrada volte a ter plenas condições de tráfego, dando mais segurança e tranquilidade aos motoristas”, destacou o secretário de Infraestrutura, Ricardo de Moraes Barbosa.

Para o representante da comunidade do Rio Bugre, Deonir Menin, a recuperação do asfalto é importante principalmente para a segurança das pessoas que trafegam pela estrada. “Nós agradecemos por esta união entre a Prefeitura e o Governo do Estado que vai beneficiar os moradores e os visitantes aqui da comunidade”, finaliza.

Moacir D’Agostini deve receber alta nesta terça-feira

O vereador Moacir D’Agostini (DEM) que está hospitalizado desde quinta-feira (30), em Dubai, nos Emirados Árabes, após sofrer um acidente no Campeonato Mundial de Swoop, deve receber alta nesta terça-feira (5). Entretanto, não poderá retornar ao Brasil, até que o seu sistema respiratório esteja em condições de realizar a viagem de mais de 12 horas.

Moacir sofreu o acidente durante competição de paraquedismo, que é considerada umas das mais radicais e perigosas deste esporte. Moacir teve problemas na aterrissagem. De acordo com ele por que o paraquedas demora cerca de meio segundo para responder aos comandos, o que fez com que batesse o joelho na piscina (espécie de raia) onde os atletas precisam sobrevoar antes de tocar o solo, lançando seu corpo na mesma numa velocidade superior a 100 quilômetros por hora. Com o impacto, o caçadorense acabou perfurando o pulmão e quebrando três costelas.

Apesar do susto, o caçadorense está tendo uma boa recuperação e se comunica com a família e os amigos diariamente. Ainda na semana passada, ele recebeu a visita do Skeik e dirigentes dos Emirados Árabes que foram ao hospital e estão dando todo o suporte necessário.

“Tenho a consciência de que de que é um esporte onde teu corpo é o para-choque. Não pude competir no último dia, mas me sinto orgulhoso por ter levado o nome do Brasil e de Caçador tão longe. Me sinto triste porque queria ter finalizado a competição e buscar uma melhor colocação, mas o foco agora é se recuperar e levar tudo como experiência para os próximos anos”, afirma, destacando ainda a estrutura e o atendimento de primeiro mundo recebido no setor de saúde em Dubai, e agradecendo a todos que estão torcendo por sua recuperação.

2ª Mostra de negócios universitários na UNIARP

A 7ª fase do curso de Administração da UNIARP, na disciplina de Administração Estratégica 2, realizou no dia 30 de novembro a 2ª Mostra de Negócios de Universitários.

A atividade é resultante da elaboração de planos de negócios, onde os alunos, de modo individual ou em grupos, foram desafiados a criar um negócio lucrativo. Nesta edição, teve estandes de venda de alimentos (cupcakes, tapioca, bife no pão, docinhos, salgadinhos e crepes). A Prof.ª Dr.ª Ivanete Schneider Hahn, responsável pela atividade, comenta que essa atividade é muito importante na formação do Administrador, haja vista que visa despertar o espírito empreendedor dos alunos e fomentar um ambiente de inovação e criatividade na Universidade.

Prefeitura concentra procedimentos para sepultamentos na Casa Mortuária

A Prefeitura de Caçador concentrou todos os procedimentos para sepultamentos na Casa Mortuária. A partir de agora, os cidadãos não precisarão mais ir até a Secretaria de Agricultura quando perderem um ente querido, já que as taxas de sepultamento, exumação e título de aforamento podem ser obtidas diretamente na casa mortuária. "O momento é delicado para a família e concentrar os serviços na Casa Mortuária será uma maneira de evitar tumultos e deslocamentos", destacou a secretária de Agricultura, Christiane Driessen.

Osni Ribeiro Mello

Olá, eu sou Osni Ribeiro Mello, jornalista, administrador de empresas e Engenheiro Civil. Depois de ter passado pelos jornais: Gazeta Sul, Folha da Cidade e Informe e por todas as editorias. Atividades que consumiram 15 anos de minha vida e me deram muita experiência, resolvi que muito mais que dar a notícia eu apontaria os erros e as soluções. Pronto, virei colunista e instantaneamente odiado por escrever demais. De qualquer forma o portal www.diarioriodopeixe.com.br e o Jornal Extra resolveram apostar numa coluna de informações políticas e aqui estou tentando consertar o mundo e levando as notícias com uma pitada de humor e senso critico. Também mantenho o osnirmello.blogspot.com.br, blog onde divulgo as ideias que podem mudar o nosso mundo, ou não.

Espalhe essa coluna:

© 2011 - 2017. Todos os direito reservados a Editora Rio do Peixe.